RELATÓRIO 29/03 A 05/04

Atualizado: 8 de Abr de 2019


Tudo verde no mercado! A semana trouxe uma onda positiva para as moedas digitais. A maior parte delas fechou a semana com saldo de ganhos após o bitcoin saltar para além dos US$5000, o que deu impulso para o mercado se valorizar.


Mapa das principais moedas na semana. O tamanho de cada uma é respectivo a sua dominância no mercado. (Fonte: Coin360)

O crescimento do bitcoin começou após a moeda bater o recorde de ganhos em seis semanas consecutivas, algo visto pela primeira vez desde que o valor de US$20 mil foi atingido em dezembro de 2017. A moeda bateu seu ponto de resistência de US$4200, onde uma ordem no valor de US$100 milhões espalhada por diversas exchanges elevou os ânimos do mercado e desencadeou diversas outras ordens de transação, levando o preço para cima.


O movimento não tem indícios de fazer parte de um frenesi momentâneo do mercado. Especialistas vêm apontando diversos indicadores que favorecem o sentimento bull no mercado, como os indicadores técnicos, que já visavam uma alta nos valores, o enfraquecimento do dólar no exterior, a eleição americana e o halving do bitcoin em 2020. A aposta é que a moeda continue a sua valorização até lá. Por enquanto, o valor de resistência para se observar é de US$5500.


Bitcoin (BTC)

Gráfico do Bitcoin na semana. (Fonte: CoinMarketCap)

Por outro lado, a agência americana SEC postergou o prazo para decidir sobre a aprovação dos importantes fundos ETF que aumentarão o fluxo do capital em direção às criptomoedas. A boa notícia é que o CEO da consultoria Fundstrat e especialista em cripto, Tom Lee, afirma que isso não atrapalhará o momento do bitcoin, pois a indústria tem possibilidade e já está trabalhando em melhorar a sua auto-regulação através de atualizações nos protocolos de mineração e segurança.

Entre as altcoins, a maior ganhadora da semana foi o Bitcoin Cash. A moeda cresceu quase 100% em uma semana. Não há valores definidos para de resistência para o BCH, e de acordo com análise do CoinTelegraph, enquanto o suporte de US$239 se sustentar, a moeda continuará subindo.


Bitcoin Cash (BCH)

Gráfico do BitcoinCash na semana. (Fonte: CoinMarketCap)

O motivo do crescimento ainda é incerto, mas pode estar ligado ao lançamento de uma nova série de mineradoras, a Antminer S17. As mineradoras são fabricadas pela Bitmain, gigante de mineração de criptomoedas chinesa dona da BTC.com e da AntPool, são projetadas para mineração bitcoin e o Bitcoin Cash e prometem entregar melhoria na eficiência energética e maior taxa de hash por minerador. A Bitmain esteve envolvida no fork do Bitcoin Cash, possuindo grande volume da moeda e historicamente manipulando seu preço. Com o lançamento no dia 10, o mercado de mineração volta a ganhar forças e o Bitcoin Cash é a moeda em que as mineradoras ganham mais dinheiro. Ao comprar um volume alto de BCH, acabam levando todo o mercado de criptos junto.



Opinião do Christian:

Bitcoin segue forte no longo prazo a espera do ETF e do Halving.

Sempre bom diversificar no Litecoin que é similar.

Bitcoin Cash é especulação então compre e venda rápido.



Carteira do Christian:

Bitcoin 50%

Litecoin 20%

Binance Coin 15%

Tezos: 10%

Stellar: 5%

0 visualização
CONTATO