Digest 04/10 - Mais uma onda pra quebrar

O Bitcoin manteve-se na casa dos US$ 8.000 durante toda a semana. Embora tenha ultrapassado US$ 8.400 na terça-feira (1), não conseguiu manter o preço e a tendência de baixa preocupa alguns mineradores.


Oscilação do Bitcoin na semana. (Fonte: BitcoinTicker)

O Antpool, um dos principais pools de mineração do mundo, divulgou um comunicado informando que, se o Bitcoin cair abaixo de US$ 7.500, alguns mineradores irão desligar parte de seus equipamentos. Os mineradores alegam que alguns modelos de equipamentos para mineração não são mais rentáveis com a recente baixa da criptomoeda. [Isso mostra como está cada vez mais difícil minerar. Além disso, conter os grandes mineradores é sempre bom para a comunidade.]


Essa semana, já houve uma baixa na mineração, mas não foi voluntária. Marshall Long, um dos primeiros mineradores ativos de Bitcoin, divulgou através do Twitter que o centro de dados da mineradora Innosilicon pegou fogo na segunda-feira (30). O incêndio destruiu US$ 10 milhões em equipamentos e teria causado oscilação na taxa de hash do Bitcoin. A taxa caiu de 86 quintilhões de hashes por segundo (h/s) para 82 quintilhões de h/s no mesmo dia.

Variação de mercado. (Fonte: Coin360)

Uma ótima notícia cripto é o lançamento da blockchain do Telegram, Telegram Open Network (TON), que será no final deste mês. De acordo com a empresa, seus investidores já foram informados do lançamento, receberão o software de geração de chaves TON e deverão fornecer ao Telegram uma chave pública para receber seus tokens Gram (GRM) até o dia 16 de outubro. A rede será compatível com o Ethereum e permitirá que os usuários tragam seus contratos inteligentes Ethereum para a TON.


A Binance anunciou em seu blog na segunda-feira (30) que irá lançar um programa de incentivo de mercado para usuários com volumes mensais de negociação acima de mil bitcoins e que possuam estratégias trade de qualidade. A exchange informou que o programa será limitado aos mercados spot da plataforma e que o objetivo da iniciativa é aumentar a liquidez.


Fique ligado, mais uma oferta de fundo de futuros de Bitcoin foi apresentada à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). De acordo com um documento divulgado quarta-feira (4), o novo fundo, chamado NYDIG Bitcoin Strategy Fund, tem como objetivo obter uma valorização do capital através do investimento em contratos de futuros de BTC e foi apresentado pela empresa de gerenciamento de investimentos Stone Ridge. A empresa também declarou que o fundo investirá apenas em futuros de Bitcoin com liquidação financeira negociados em bolsas registradas na U.S. Commodity Futures Trading Commission, agência americana independente que regula os mercados de futuros.


Membros do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos questionaram essa semana o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, sobre o desenvolvimento de uma criptomoeda em dólares americanos. De acordo com o Cointelegraph, os legisladores declararam que pode ser cada vez mais urgente que o Fed tenha um projeto para criptomoedas por elas possuírem potencial para assumir as características e a utilidade do papel moeda. Segundo o portal Reuters, o presidente do Federal Reserve Bank da Filadélfia, Patrick Harker, declarou que as moedas digitais do banco central são inevitáveis e que irão ser aprovadas.


John McAfee, programador e grande otimista do Bitcoin, divulgou através do Twitter que irá lançar uma corretora descentralizada com execução na blockchain Ethereum. Batizada de McAfeeDex, a exchange terá sua versão beta lançada na próxima segunda-feira (7). Segundo McAfee, nada será monitorado e as taxas de transação serão de 0,25% para compradores. [Nós não acreditamos neste projeto devido a crescente saturação da rede Ethereum]


Lentamente, a Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (CVM) anuncia que a Rede Global de Inovação Financeira (GFiN), grupo de órgãos reguladores de serviços financeiros do qual faz parte, iniciou o Programa Piloto Transfronteiriço. O programa tem como finalidade “testar produtos e serviços relacionados a setores regulados e não regulados, incluindo ofertas de RegTech, investimentos de varejo e modelos de negócios relacionados a cripto-ativos”, de acordo com o relatório divulgado pela CVM. Essa medida pode permitir a circulação de criptomoedas entre os países.



Opinião do Christian:

Bitcoin deve cair ainda mais um pouco devido às bolsas de futuros. A boa notícia é que ele vem ganhando força para enfrentar as quedas. Desta vez, se segurou mais rápido. A queda dos juros global é sempre benéfica para a rede e ainda esperamos o halving do ano que vem.


Carteira do Christian:

(60%) Bitcoin: ∆ +1,46%

(30%) Binance Coin: ∆ +3,43%

(10%) Tezos: ∆ +6,58%

0 visualização
CONTATO