Digest 18/10 - Libra e Telegram sofrem deterioração

O Bitcoin atingiu US$ 8.400 no início da semana mas as tentativas dos bears fracassaram e a criptomoeda não conseguiu cair para menos de US$ 8.000. A tendência a curto prazo é de baixa, mas as perspectivas são otimistas a longo prazo por causa do halving.

Oscilação do Bitcoin na semana. (Fonte: Bitcoin Ticker)

Uma previsão divulgada no Twitter pelo perfil Data Dater afirma que o Bitcoin atingirá cerca de US$ 15.000 no halving, quando a recompensa da mineração será reduzida pela metade, em maio do ano que vem. Segundo um novo modelo de previsão de tendência e preço que utiliza machine learning divulgado pelo Cointelegraph, o BTC subirá para US$ 10.000 até meados de novembro.

Variação de mercado. (Fonte: Coin360)

Um fato simbólico aconteceu hoje (18): a moeda número 18 milhões do Bitcoin foi cunhada. Sabemos que o total de moedas a serem cunhadas será de 21 milhões e, à medida que o número de moedas para mineração diminui, a competição por elas tende a aumentar.


Momento tenso para o Telegram. A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) considerou como ilegal o seu token, e deve enrolar a situação em uma audiência sobre o caso para a próxima quinta-feira (24). Guerra é guerra. Com isso, o Telegram pretende adiar o lançamento do token Gram para 30 de abril de 2020.


A exchange Binance lançou um produto negociado em bolsa (ETP) para o Binance Coin (BNB) em parceria com a startup Amun na bolsa de valores suíça SIX Exchange. O ETP é ferramenta de investimento apoiada por outros tipos de investimento, como commodities, moedas, preços de ações ou taxas de juros, e foi a primeira a ser lançada para o BNB. O ETP do Binance Coin começou a ser negociado na terça-feira (15).


Ainda sobre a Binance, os contratos de futuros da exchange estão com força total. De acordo com a analista Skew Markets, a Binance Futures bateu um novo recorde diário de volume de negociação na terça-feira (15) ao ultrapassar US$ 700 milhões em atividades. A exchange lançou o seus novos contratos futuros há um mês e já está em 4º lugar em volume de negociação. Além disso, a Binance anunciou hoje (18) que está aumentando ao máximo a alavancagem e a margem de contratos Tether/Bitcoin para 125x.


Semana de más notícias para a Libra. Dias após a processadora de pagamentos PayPal deixar o Libra Association, as gigantes de pagamentos Visa e Mastercard também abandonaram o projeto e levaram eBay, Mercado Livre, Booking Holdings e Stripe junto. Na semana que vem, Mark Zuckerberg enfrentará a Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados americana e os abandonos prejudicam a imagem da Libra. Além disso, o Facebook está sendo processado pela fintech Current por ter plagiado a logomarca da carteira oficial da criptomoeda, a Calibra. O deputado americano Warren Davidson declarou que seria uma ideia muito melhor se o Facebook adicionasse o Bitcoin à carteira Calibra ao invés de criar uma nova moeda.


O ex-presidente da Commodity Futures Trading Commission (CFTC), órgão regulador de commodities dos Estados Unidos, declarou no Wall Street Journal que o governo deve digitalizar o dólar e tirar o poder dos bancos centrais. A ideia de Giancarlo para o dólar não perder seu status no futuro é desenvolver um protocolo blockchain sancionado pelo governo, criado e mantido por um grupo não governamental independente, mas administrado por bancos e outras organizações de pagamento confiáveis.


A Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) pediu o reconhecimento do Bitcoin como meio de pagamento no Brasil durante a audiência pública da comissão especial que estuda a regulamentação do Bitcoin e das criptomoedas no país. Safiri Felix, diretor-executivo da ABCripto, apresentou as demandas e defendeu que o processo de regulamentação é fundamental para o desenvolvimento do setor e que com o marco regulatório será possível aos brasileiros ter acesso mais seguro as criptomoedas como diversificação de seus investimentos.


O Banco Central do Brasil passou a incluir Bitcoin e criptoativos em seu Balanço de Pagamentos para atender as recomendações do Fundo Monetário Internacional (FMI). A projeção para o Balanço de Pagamentos de 2019 e 2020 divulgada foi a primeira a incluir a compra e venda de criptoativos nas importações e exportações de bens, compondo a balança comercial e as transações correntes.


Opinião do Christian:

O mercado de futuros continua crescendo e ventando forte contra o Bitcoin. Não é um bom momento. Por outro lado, Libra e Telegram estão em deterioração, o que reforça a proeza do Bitcoin. As novas parcerias da BNB surtiram efeito e segurou nossa carteira dessa vez.


Carteira do Christian:

(60%) Bitcoin: ∆ -4,80%

(30%) Binance Coin: ∆ +7,33%

(10%) Tezos: ∆ -3,23%

0 visualização
CONTATO