Digest 26/04 - Queda após acusações de fraude na Bitfinex

Atualizado: 3 de Mai de 2019

O mercado cripto passou a semana com saldo positivo. Apenas nesta sexta-feira surgiram notícias afirmando que a Procuradoria Geral de Nova York está processando a Bitfinex, uma das maiores exchanges do mercado, pela perda de US$850 milhões de dólares e supostamente encobrir o valor usando fundos do Tether (USDT). É a segunda vez que a Bitfinex é acusada de fraude, trazendo uma incerteza ao mercado que foi rapidamente respondida com uma queda no valor dos criptoativos.


Mapa da variação das moedas nos últimos sete dias. O tamanho de cada quadrado corresponde a capitalização de mercado da moeda. (Fonte: Coin360)

Após a notícia, o valor do bitcoin na Bitfinex ficou bastante diferente das outras exchanges - a Bitfinex se mantém em torno de US$5350, enquanto as outras oscilam próximo a US$5100. O momento se mostra favorável a operações de arbitragem, já que é de se esperar que os valores se equilibrem e voltem a subir dentro de alguns dias. O lado positivo é que a rápida resposta a notícias nos valores é mais um sinal de que o mercado bull está de volta.


Gráfico do bitcoin nos últimos 7 dias. (Fonte: Bitcointicker)

É importante perceber que o tipo de queda que tivemos é muito abrupta, representado uma possível baleia realizando lucros ou dumping no mercado. O quadro geral continua sendo de subida, constando apenas uma intervenção.


Alguns gráficos da rede confirmam isso: o bitcoin chegou a obter ganhos de cerca de 40% no último mês e a semana marcou um novo valor máximo em 2019 para a moeda (US$5600); o número de transações já atinge valores similares a 2017, quando a moeda chegou a valer US$20 mil.


Número de transações confirmadas diariamente desde o início do bitcoin. (Fonte: Blockchain.info)

Além disso, a dificuldade da rede voltou a subir desde o início do mercado bear em 2018, o que significa que as mineradoras estão voltando a ligar suas máquinas, um forte indicador da crença da comunidade no retorno do mercado bull. A Bitmain, fabricante de hardwares de mineração, também anunciou novos investimentos para 2019.



Taxa de dificuldade da rede no último ano. (Fonte: Blockchain.info)

Entre as altcoins, a aposta do momento é a Binance Coin: o ativo já quase triplicou seu valor desde o início desse ano. Por ser emitida pela maior exchange do mundo, a Binance, a moeda funciona como uma proteção alternativa ao dólar / Tether quando o mercado começa a cair rápido. Como a Binance tem grande parte dos volumes trocados em cripto ela é bem robusta. Abaixo um snapshot de como ela pode se comportar em um momento de queda.


Performance da Binance Coin frente a queda do mercado nesta sexta-feira, dia 26. (Fonte: CoinMarketCap)

O panorama político brasileiro apresentou um avanço importante sobre criptoativos: o Deputado Federal Áureo Ribeiro (Solidariedade /RJ) apresentou o novo projeto de lei que visa regular o bitcoin e outras criptomoedas no país. A justificativa do projeto reconhece que "a tecnologia, quando fomentada em ambiente regulado, constitui elemento instrumental à redução de fraudes nas relações comerciais, dada a imutabilidade de sua cadeia de blocos de dados." e afirma que seria útil ao contexto brasileiro atual de práticas de lavagem de dinheiro e corrupção.


A proposta define as criptomoedas como valor mobiliário. Portanto, se aprovada, dará poderes à CVM para fiscalizar a transação ou oferta de tokens ou de criptomoedas. Além disso, a autarquia poderia dispensar o registro de atividades, mas analisar os riscos de benefícios de cada autorização.


E o mercado continua em expansão: foi divulgado que o uso de caixas eletrônicos (ATM) para criptomoedas pode crescer 46,6% ao ano até 2024, segundo estudo da Research and Markets. Assim, esse mercado deve chegar a US$ 183,779 milhões naquele ano. Em 2018, o valor foi de US$ 18,513 milhões, sendo um dos principais facilitadores de acesso às criptomoedas.



Opinião do Christian:

Tivemos uma correção do tipo dump, o que não é alarmante para o mercado. As moedas devem continuar em alta. Bom momento para arbitragem.


Carteira do Christian:

(50%) Bitcoin: ∆ -1,3%

(20%) Litecoin: ∆ -12,25%

(15%) Binance Coin: ∆ -5,92%

(10%) Tezos: ∆ -17,01%

( 5% ) Stellar: ∆ -14,21%

0 visualização
CONTATO