RELATÓRIO 05/10 a 11/10

Atualizado: 28 de Jan de 2019

A última semana apresentou evidências de melhoria para o mercado de criptomoedas. A SEC (órgão regulador do mercado acionário americano) decidiu pela revisão dos ETF (Exchange Trade Fund)¹ de bitcoin reprovados até hoje, além de abrir espaço para comentários públicos citando os prós e contras da criação do ETF.

Assim, a possível aprovação de tais fundos significa uma expectativa de desempenho positivo para a moeda no futuro. Segundo o analista Ran Neuner, do canal americano CNBC, o preço da moeda tende a valorizar em tal cenário, fazendo um paralelo com a aprovação dos contratos futuros de Bitcoin no ano passado, quando a moeda atingiu a alta histórica de US$20 mil.

Com a notícia da revisão dos ETF, o mercado de cripto começou a semana apresentando melhorias em seu valor total, atingindo a casa dos US$221 bilhões, um aumento de 9,5% em relação ao mês de setembro. Por outro lado, o volume total diminuiu, facilitando uma alteração no preço das criptomoedas. No dia 11, o mercado apresentou uma perda significativa, repercutindo a queda do mercado de ações com um prejuízo na capitalização total de quase US$20 bilhões após a desvalorização de suas principais moedas.


Visualização do mercado no dia 11/10 (Fonte: Coin360)

O Bitcoin (BTC) figura neste cenário com valores flutuantes. O preço de seus tokens atingiu o máximo semanal de US$6642, e após a baixa do mercado, chegou a US$6112,26, com uma perda de -3,95% na semana de 05/10 a 11/10. Isso significou um aumento dos preços máximo e mínimo das transações em relação ao mês anterior. O resultado total mensal, porém, se mostra estável, com leve queda de -0,17%.




Gráfico semanal do Bitcoin. (Fonte: CoinMarketCap)


Gráfico semanal do Bitcoin. (Fonte: CoinMarketCap)

O Ethereum (ETH), que também mantinha estabilidade no início da semana, caiu de forma mais brusca, atingindo o valor de US$198,67 e uma queda de -11,08% e em relação à semana anterior. Ainda assim, apresenta um crescimento total de 2,61% no mês.



Gráfico semanal do Ethereum. (Fonte: CoinMarketCap)

Já o Ripple (XRP) andou na contramão das alt coins. Após um mês de setembro de altas significativas, quando chegou a ultrapassar a Ethereum e atingir o segundo lugar no ranking de capitalização de mercado da CoinMarketCap, a moeda apresentou queda durante toda a semana, chegando a uma surpreendente desvalorização de -23,14% em relação a última semana e valor de US$0,40.


Gráfico semanal do Ripple. (Fonte: CoinMarketCap)

As moedas restantes entre as dez mais populares também apresentaram baixas consideráveis na semana. O Bitcoin Cash (BCH) fechou em -13,57%, e um valor de US$446,50; EOS chegou a -7,99% e US$5,30; Stellar (XLM) teve baixa de -10,56% e atingiu US$0,21.

O Litecoin caiu -10,42%, com valor de US$52,44. Cardano obteve -7,71% de perdas, valendo $0,08. Por fim, Monero (XMR) chegou a -6,78% com US$104,39.

Ainda assim, analistas apostam na melhora do mercado. Segundo o site CoinTelegraph, universidades de prestígio americanas, como Harvard, Stanford e MIT, investiram em fundos de criptomoedas, o que pode sinalizar maior aceitação desse tipo de aplicação por parte de investidores instituicionais. Além disso, a revista Forbes aponta que a aprovação dos ETF é uma questão de tempo que não deve passar do início do próximo ano, devido à crescente demanda, o que trará uma valorização significativa para o mercado.

Opinião do Christian

A semana teve uma leve tendência de alta com um drop no final devido a baixo volume do mercado. No entanto, mantemos nossa previsão de leve alta, não devendo passar dos $7000 ainda.

As expectativa continuam sendo para o final do ano.

_______________________________________________________________________

¹ ETF, ou Exchange Trade Fund, são fundos de investimento compostos por ativos diversificados, onde os investidores podem aplicar e lucrar sem a necessidade de comprar os ativos diretamente, pois as aplicações são dadas pela replicação do desempenho real do ativo. Assim, os ETF de Bitcoin garantiriam maior estabilidade aos investidores, que não precisariam se preocupar com procedimentos de segurança atrelados às carteiras de criptomoedas, além de não haver necessidade de lidar com as crypto exchanges, uma vez que os ETF podem ser negociados nas bolsas e mercados tradicionais.



Referências bibliográficas

https://www.forbes.com/sites/greatspeculations/2018/10/08/optimism-surrounding-secs-bitcoin-etf-approval-could-boost-bitcoin-price-massively-by-mid-2019/#20acfff6a468

https://coinmarketcap.com/

http://bitcointicker.co/

https://www.bloomberg.com/news/articles/2018-10-09/bitcoin-on-the-brink-of-an-implosion-researcher-juniper-says

https://cointelegraph.com/news/crypto-markets-shed-almost-20-billion-as-major-coins-see-double-digit-losses

https://coin360.io/

https://cointelegraph.com/explained/bitcoin-futures-explained

https://www.investopedia.com/investing/bitcoin-etfs-explained/

https://www.coinspeaker.com/2018/10/10/bitcoin-about-to-explode-says-cnbc-analyst-ran-neuner/

0 visualização
CONTATO